poesias

Apenas um sopro

Tantos tentaram, mas nunca conseguiram, definir a vida

Alguns a comparam a uma estrada

Cujo destino não importa; só o trajeto

Outros acreditam na reencarnação;

então vivemos num loop de tempo

Eu não sei se estamos num caminho sem fim.

Tento viver sem me arrepender do que faço

Talvez a vida seja como a chama de uma vela

Cujo tamanho nunca saberemos

Até que o deus da vida deixe uma janela aberta

Não por descuido, apenas que entre um pouco de luz.

E então, num simples sopro divino, a chama se apagará

ao invés da escuridão, finalmente, chegamos ao destino

Com apenas um sopro.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é 6c82b32934c7036443b92ed0b6f523c3.png

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.