• crônicas

    “Eu fumava e bebia”, por Michael Douglas

    Sou um antitabagista convicto e ferrenho. Fui fumante durante 10 anos e livrei-me do vício do cigarro desde 4 de dezembro de 1986, dia consagrado a Santa Bárbara. O cigarro é uma grande desgraça que enriquece a indústria do tabaco e entristece milhões de famílias vítimas do mal que ele provoca. Vejam o exemplo do ator Michael Douglas, 66 anos, consagrado ator e filho do grande Kirk Douglas. Michael Douglas fez grandes filmes tais como Atração Fatal (1987) e Instinto Selvagem (1992) e agora luta desesperadamente pela vida contra um câncer na garganta provocado pelo cigarro e bebida. Pensem bem antes de dar a primeira baforada…