Sem categoria

Só mesmo uma mãe…

Minha pequena e sincera

homenagem a essa mulher tão especial em nossas vidas, nossa mãe, reproduzindo uma imagem marcante protagonizada pela costureira Maria Jerônima Campos, 36 anos à época, que não pensou duas vezes e se atirou num reservatório com 4 m de profundidade para salvar seu filho Gabriel, de apenas 7 anos de idade. Isso ocorreu no dia 22 de janeiro de 2007 na cidade de Franca, distante 400 km de São Paulo.

Importante citar: ela tinha pavor à água, porque simplesmente não sabia nadar.

2 Comentários

  • Principe Encantado

    Parabéns a todas as mamães, deixo minha homenagem também, pegando carona em seu post.

    Deus nos enviou um anjo chamado Mãe

    A semente germina e nasce o embrião que se transforma em feto,
    são nove meses no aconchego de um ventre chamado materno.
    Outros nascem do coração, do desejo de procriar do infinito amor.

    Deus manda cada criatura em missão e
    determina a um anjo chamado MÃE,
    que o auxilie nessa nova etapa de vida.
    Zelar, cuidar e educar no mais singelo carinho e compreensão,
    até que esta criatura possa viver por conta própria.

    Mas o anjo tão delicado na sua essência da criação
    quer nos tornemos fortes e corramos
    para a vida com garra e determinação.
    Quer que sejamos águias e possamos voar mais alto
    que pudermos até alcançar o infinito em busca de um ninho seguro,
    um porto seguro,
    que possamos encontrar para que sejamos criaturas do bem.
    Então encontraremos a fonte inesgotável da vida.

    Esse anjo tem um pouco de Maria,
    Mãe do Criador.
    Este anjo é você, Mãe!

    de Luiza Maria da Silva Pinto Moura

    Abraços forte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.