poesias

  • poesias

    O tempo!

    Ah, o tempo… Às vezes, sentimos vontade de voltar o tempo, mas as vezes sentimos o tempo passar… O tempo nos ensina, nos machuca e nos usa, porém jamais podemos cobra-lo dele voltar! Eu queria ser superior ao tempo, mas, Senhor, que és o impiedoso tempo, só faz a nós lembrar. Um dia, ainda com tempo, vou reservar um tempo para ver, ouvir e pensar: “O que seria de nós se não aprendêssemos a amar?”

  • poesias

    Encontros e Desencontros

    No aguardo de ti me encontro Desde o primeiro que tivemos A sensação de partida antes da chegada De te fazer feliz, plena e amada. E então nossos corpos se uniram Uma descarga de adrenalina imensa Uma atmosfera inebriante e tensa A despedida de sonhos que ruíram. Te amei, te amo e te amaria Não me arrependo e de novo tudo faria Todas as loucuras um dia serão recordação. Sentirei seu perfume, fecharemos a porta Nós nos pertencemos, é isso que me importa Não é teu corpo minha morada; é seu coração.

  • poesias

    Apenas um sopro

    Tantos tentaram, mas nunca conseguiram, definir a vida Alguns a comparam a uma estrada Cujo destino não importa; só o trajeto Outros acreditam na reencarnação; então vivemos num loop de tempo Eu não sei se estamos num caminho sem fim. Tento viver sem me arrepender do que faço Talvez a vida seja como a chama de uma vela Cujo tamanho nunca saberemos Até que o deus da vida deixe uma janela aberta Não por descuido, apenas que entre um pouco de luz. E então, num simples sopro divino, a chama se apagará ao invés da escuridão, finalmente, chegamos ao destino Com apenas um sopro.

  • poesias

    Anacrônico

    Dizem, por aí, que os homens não mandam mais flores e que as mulheres dispensam favores e portas abertas. Dizem, por aí, que a gentileza já saiu de moda porque o que o mundo roda rápido demais sem tempo para os detalhes. Palavras foram reduzidas e tudo simplificou apenas um oi… Acabou.

  • poesias

    Sem sentido

    Visão, tato, olfato, paladar e audição Cincos sentidos acrescidos de uma percepção Que identificam, seja para o bem ou mal Se existe, entre duas almas, uma conexão. É preciso querer se permitir Viver todos os sentidos com intensidade E no outro descobrir, a verdade Escondida dentro de si. Somos bilhões de seres errantes Em busca de um sentido para viver Buscamos no outro afeto, prazer E esquecemos de nós Sem nos perguntar o que queremos Sem nos olharmos, sem nos ouvirmos Sem nos tocarmos ou sentir o gosto Nem cheiros, nem nada, nem nunca Vivemos, sem sentido.

  • poesias

    Querer é poder

    Não podeis da Pátria filhos,Ver contente a mãe Brasil;Nos roubaram a liberdadeNosso norte, nossa sorteNosso povo, sempre servil. Já raiou a atrocidade,No império da maldade,Prosperou a mediocridadeRetrato do triste Brasil. Brava gente brasileira!Tenha amor a sua bandeira!Ou ficar a Pátria livre,Ou morrer pelo Brasil;Ou ficar a Pátria livre,Ou morrer pelo Brasil. Os vendilhões de nossa PátriaNos forjavam com bravatasDa perfídia astuto ardil…Não há mão mais poderosaQue insurja contra a mordaçaQue do povo do Brasil! Brava gente brasileira!Tenha amor a sua bandeira!Ou ficar a Pátria livre,Ou morrer pelo Brasil;Ou ficar a Pátria livre,Ou morrer pelo Brasil.

  • poesias

    O TEMPO

    O tempo, esse agente inexorável, segue em frente e deixa para trás todas as nossa memórias, pegadas e rastros que vão sendo apagados pela ação dele, o tempo…. A saudade é uma constante; as lembranças, também. De vez em quando, me pego voltando ao passado e aos momentos. Os bons.

  • poesias

    Gentileza gera gentileza; não gera indiferença!

    A sociedade, de tempos em tempos, muda seus parâmetros de comportamento, seus valores e atitudes. É uma constante essa renovação de costumes. O poder da mídia e sua expansão é imenso, quase exponencial, para explicar esse fenômeno. O advento da tecnologia e o uso massivo das redes sociais explicam o alcance incontrolável de falsas notícias, por exemplo, também conhecidas por “fake news“, também para provar que a globalização veio para ficar. A minha adolescência foi vivida na década de 70 e minha fase adulta começou nos anos 80. O telefone celular deu as caras por aqui, em Terras Brasílis, no início da década de 90 e o Facebook no início…

  • poesias

    Realidade Entorpecente

    A policia invade morros, desaloja bandido, esculacha geral A vila que era cruzeiro se transformou numa cruzada contra o mal Depois veio o Alemão, um quartel general, de onde fugiram como ratos Pelos esgotos, como dejetos, ficamos todos perplexos, porque viviam abjetos De uma sociedade plural, sem moral, mas esbanjando uma luxúria sem igual. Toneladas de entorpecentes, milhões de dinheiro, milhares de mortes Tudo em proporção exagerada, de uma sociedade refém e privada Dos mais primários direitos, de ir e vir, de respeito a uma vida digna Uma sociedade ferida de morte, esperando por um norte, um horizonte Que lhe devolvam aquilo que é seu, mesmo sem saber o quanto…

  • poesias

    Indo ao seu encontro

    Quando as coisas começam a ficar escuras Simplesmente é porque buscas a escuridão Se afaste das sombras que encontrarás a luz Se aproxime da verdade que negarás a ilusão Escute seu coração porque ele ouve o seu âmago Alguns buscam respostas e encontram mais dúvidas Eu busco Deus e encontro a mim mesmo E você sabe de verdade o que procuras? O que precisamos é de boas perguntas Para que as respostas sejam aquilo que procuramos.

  • poesias

    Copie, cole, rasgue e descarte

    Copie e cole Passagens que marcaram sua vida Saudade de quem se foi Presença de quem se ama Lembranças de uma criança Alegrias e Esperanças Rasgue e descarte Tudo que te faz infeliz Ingratidão de quem te traiu Desilusão por quem se amou Esquecimento a quem ajudou Tristezas e Decepções Faça acontecer Tudo que marcou sua vida Saudade de quem te ajudou Lembranças dos que te amaram Esquecimento de quem te traiu Sonhos e Realizações

  • poesias

    1000 amigos

    Nunca é demais tê-los em abundância Sabendo respeitar suas diferenças Procurando encontrar algumas semelhanças Eles aparecem para nós Tal como o fiel da balança. Estão presentes em nossas vidas Mesmo que sejam anônimos e virtuais Ter amigos acredite, nunca é demais. Dividimos com eles nossas tristezas Compartilhamos alegrias e incertezas E se a vida parece ser só dureza Eles nos mostram a sua beleza. Se um dia quis ter um milhão Nunca pensei que fosse dinheiro Porque a riqueza pode acabar A doença seu corpo invadir E tudo ao redor desmoronar Mas se tiveres apenas um amigo Ele ficará para sempre o seu lado E jamais te abandonará.