• crônicas

    O Pequeno Príncipe (crônica)

    A história do Pequeno Príncipe nos remete à dimensão das relações humanas. No nosso dia a dia, cativamos e somos muitas vezes cativados. Dessa forma é importante manter nossos laços afetivos com atenção e zelo ampliando os rastros de luz em nossas vidas e nas vidas de tantos quantos passarem por nós. Quem és tu? – Perguntou o principezinho. Tu és bem bonita! Sou uma raposa – Ela respondeu. Príncipe: vem brincar comigo. Estou triste. Raposa: eu não posso brincar contigo! Não me cativaram ainda. Príncipe: ah! desculpe-me. O que quer dizer “cativar”? Raposa: tu não és daqui . Que procuras? Príncipe: procuro amigos. Que quer dizer “cativar”? Raposa: é uma…

  • Reflexões

    Pai, tô com fome!

    Ricardinho não agüentou o cheiro bom do pão e falou: – Pai, tô com fome! O pai, Agenor, sem ter um tostão no bolso, caminhando desde muito cedo em busca de um trabalho, olha com os olhos marejados para o filho e pede mais um pouco de paciência… – Mas pai, desde ontem não comemos nada, eu tô com muita fome, pai! Envergonhado, triste e humilhado em seu coração de pai, Agenor pede para o filho aguardar na calçada enquanto entra na padaria a sua frente. Ao entrar dirige-se a um homem no balcão: – Meu senhor, me desculpe incomodá-lo. Estou com meu filho de apenas 6 anos à porta,…

  • Reflexões

    Travessia

    Uma das mais belas letra e música do cancioneiro brasileiro: “Quando você foi embora fez-se noite em meu viver Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar Estou só e não resisto, muito tenho prá falar.” Estou voltando aos pouquinhos. É assim o meu ritmo minha forma de ver a vida sem entrar em conflito comigo mesmo, nem com os outros. Não fujo de uma peleia, apesar de não ser gaúcho, mas minhas origens nordestinas me fizeram um bravo, um forte. Aprendi com o tempo a ver que não sou uma ilha. Preciso me cercar de pessoas as…

  • memes

    Seis? Coisas que você não sabe sobre mim…

    Os amigos….bem, sobre eles eu já escrevi num dos meus posts. Queria apenas acrescentar que os amigos tem o dom de nos surpreender, positivamente, claro! Mesmo quando são amigos virtuais, que pela bela definição da Lilian ganharam um sentido especial para mim, porque segundo ela “Não há o contato de mãos que se apertam, de olhos que se cruzam, de lábios que trocam palavras, mas há muito mais: As mãos teclam palavras que são geradas no coração. As palavras são lidas pelo amigo através da tela do monitor. O efeito das palavras atinge o coração do outro e assim, vice e versa. Está formada a relação de amizade, pois o sentimento que é sentido…