Reflexões

Travessia

Uma das mais belas letra e música do cancioneiro brasileiro:

“Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar

Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar
Estou só e não resisto, muito tenho prá falar.”

Estou voltando aos pouquinhos. É assim o meu ritmo minha forma de ver a vida sem entrar em conflito comigo mesmo, nem com os outros. Não fujo de uma peleia, apesar de não ser gaúcho, mas minhas origens nordestinas me fizeram um bravo, um forte.

Aprendi com o tempo a ver que não sou uma ilha. Preciso me cercar de pessoas as quais me ensinam a viver com as suas experiências. Aqui mesmo no diHITT existem muitos mestres, basta prestar atenção a muitas aulas que nos são dadas sem cobranças de notas e sem gabaritos para respostas certas.

Respeito por principio a todos e como regra gosto de ser respeitado também. Aqui nesse espaço nunca fui desrespeitado, mas senti uma espessa nuvem de intrigas, ofensas veladas e manipulações entre alguns participantes e, por não estar vivendo um bom momento, preferi me afastar do foco dos problemas e continuar vivendo a minha vida fora da blogosfera. Perdi o que poderia se chamar de “tesão literária” e tomei férias de mim mesmo.

Lendo alguns comentários sobre a minha poesia intitulada “Pegadas” pude enfim perceber o quanto nos faz bem estarmos cercados de amigos. Como diria a minha queridíssima amiga Lilian, com a devida vênia, reproduzirei aqui seu comentário no meu post “Quem precisa de um amigo”:

Sempre escrevo que acredito nas amizades virtuais.

Não há o contato de mãos que se apertam, de olhos que se cruzam, de lábios que trocam palavras, mas há muito mais:
As mãos teclam palavras que são geradas no coração.
As palavras são lidas pelo amigo através da tela do monitor.
O efeito das palavras atinge o coração do outro e assim, vice e versa.
Está formada a relação de amizade, pois o sentimento que é sentido por ambos, é verdadeiro.
Não importa a distância, o amigo está à sua frente, na telinha, e você está lendo o que ele está sentindo.
Você está se emocionando com as palavras, ou rindo da situação, ou ainda, até chorando dependendo da motivação.
Um amigo fica feliz quando percebe a felicidade do outro.
Um amigo se entristece quando o outro está passando por adversidades.
Tem tantas outras situações, mas as que citei já são suficientes para se constatar que o amigo virtual se consubstancia no real, não havendo diferença no que gera uma amizade, que é o laço afetivo, pois fortalecemos essa amizade através dos contatos diários que exercitamos na rede.


4 Comentários

  • Cecilia

    Herval meu querido amigo,você disse para eu ler, e cá estou.Te confesso que estou tão feliz, por tê-lo conosco, não que você tivesse partido,mas a dor da distancia daqueles que gostamos e admiramos sempre nos corrói. Agora lhe admiro ainda mais.
    Bjos
    Ciça

  • Sissym

    Eu e minha mania de ler de trás para frente, li alguns posts seus recentes e somente hoje que vi o de sua “reentrada” na atmosfera! Eu nem sei o que falar a respeito, porque muitas vezes eu penso em sair, ficar apenas circulando ao redor do planeta. Ao menos, não ficarei tão decepcionada gratuitamente como tenho ficado. Eu me arrependi de ter voltado, nunca é tarde para modificar uma ação.

    De qq maneira, seja benvindo novamente ao planeta Terra ao mundo dihitt.

  • Principe Encantado

    Herval, devemos seguir em frente, mesmo que encontremos obstáculos pois somente aqueles que estão aptos a chegar, chegarão e poderão assistir de pé o filme da trajetória que percorreu. Somos todos iguais, com conflitos diferentes.
    Somos todos diferentes, com conflitos iguais e maneira diferentes de resolver conflitos iguais.

    “O tempo é o responsável em apaziguar conflitos, trazer amadurecimento e imortalizar conquistas.”
    Bruno Raphael da Cunha Dobicz

    Abraços forte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.