poesias

Que venha a primavera!

Noites frias

Meus pensamentos vagam

Lá fora o ar gelado de Curitiba

A lareira esquenta o corpo

Minha alma sente frio

Meu copo está vazio.


Minhas mãos sem as suas

São como duas estradas paralelas

Elas nunca se encontram


Mas eu desejo ter ver de novo

Será como ver os sol nascendo

Num horizonte sem fim


Enfim, quem sabe um final feliz

Tudo é possível para quem ama

Será que é tarde?


É inverno nos meus dias

E verão no meu coração

Amar você é esquecer do outono

Desejando te encontrar numa primavera.

11 Comentários

  • Pirollo

    Meu caro amigo Herval, boa noite!!!
    Aqui na minha região, interior de São Paulo, faz menos frio…
    Que maravilha, tudo que fala sobre o amor é sempre muito bom, ele é o mais sublime dos sentimentos, com certeza, tudo é possível para quem ama, sem ele a vida não teria nenhum sentido, seria vazia. Parabéns pela maravilha! Abraços e muita paz!!!

  • Vera Alvarenga

    Olá Herval!
    Hoje, domingo, está frio aqui em Sorocaba. Eu pretendia ler os posts dos amigos e…fiquei na cama quase o dia todo(coisa raríssima pra mim!), porque estou com uma gripe chegando, eu acho!
    Adorei vir aqui e encontrar este seu bonito poema, parabéns!
    Pra minha alma, nunca é tarde pra sonhar!( embora, as vezes, a razão me diga o contrário).
    Abraço, Vera.

  • Juci Diass

    ola guri
    “enfim um final feliz”
    ain como isso demora
    demora mais q o outono, primavera
    mais q as 4 estaçoes juntinhas
    o pior é quando naum chega ^^
    a dei uma viajada legal nas tuas palavras
    ooooóoooooooohhhhh vida
    ooooooohhhhhh ceus
    iiiiiiiiiii o friooooooooo du cão pqp
    quebra qualquer clima
    viu acabei de perder o raciocinio
    pensamento congelado é fogo viu
    hehe ma oso brasileira desisto nunca 🙂

    beijo grande guri Herval

  • Clarice

    Olha que coisa linda, que poema inspirado!! Gostei Herval, a mistura das estações para encontrar o grande amor, para ter o tão desejado final feliz!!
    Beijos

    • Herval

      Oi, Dani

      É justamente esses dias de frio que me fazem ficar mais inspirado. Também fico nostálgico e como não tenho muito o que fazer, eu me pergunto: E que tal fazer uma poesia?
      Grande beijo,
      Herval

  • Marcia Pinho

    Que eterno inverno viveríamos, não fosse o calor do amor para trazer o verão para os nossos corações, hein, Herval?! Que tristeza seria! Ainda bem que, mesmo que haja períodos de outono, quando precisamos rever nossos sentimentos e abandonar as folhas secas do egoísmo, podemos esperar pela beleza da primavera, que encherá nossa vida de cores e perfumes.
    Eita, homem! Que inspiração! Contagia todo mundo! Meus calorosos parabéns para vc! Marcia

    • Herval

      Oi, Márcia!

      Para falar de amor é preciso amar. Sinto que é importante resgatar bons sentimentos, mesmo sabendo que teremos que vivenciar perdas e tristezas decorrentes delas. Quero poder contagiar, sim, com alegrias e esperanças muitos que não acreditam que ainda podem amar.
      Meu carinho,
      Herval

  • Jackie Freitas

    Olá meu querido amigo!
    Nada como o frio, uma taça de vinho e uma boa lareira para despertar a magia da poesia, hein? Estava com saudades do Herval poeta. Bem vindo! rsrsrs
    Enquanto o inverno assola a alma, o fogo mantém o coração aquecido. E é esse mesmo fogo que faz renascer a esperança de uma nova estação, pois tudo em nossa vida passa por fases, mudanças ou simplesmente a chegada de uma nova estação. E tenha certeza que cada estação traz consigo uma beleza única, o prenúncio de novas possibilidades. O inverno não dura para sempre para quem carrega em si a chama do amor verdadeiro.
    Grande beijo, meu querido!
    Jackie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.