crônicas

Marcas de batom no banheiro…

Numa escola pública estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas de 12 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso.  O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas, como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as mesmas marcas de batom…

Um dia o diretor juntou o bando de meninas no banheiro e explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. Fez uma palestra de uma hora. No dia seguinte as marcas de batom no banheiro reapareceram…

No outro dia, o diretor juntou o bando de meninas mais o zelador no banheiro e pediu ao zelador para demonstrar a dificuldade do trabalho. O zelador imediatamente pegou um pano, molhou no vaso sanitário e passou no espelho.

Nunca mais apareceram marcas de batom…

Moral da história: Há professores e há educadores…

Comunicar é sempre um desafio!

Às vezes, precisamos usar métodos diferentes para alcançar certos resultados.

Por quê?

  • Porque a bondade que nunca repreende não é bondade: é passividade;
  • Porque a paciência que nunca se esgota não é paciência: é subserviência;
  • Porque a serenidade que nunca se desmancha não é serenidade: é indiferença;
  • Porque a tolerância que nunca replica não é tolerância: é imbecilidade.

Desconheço o autor.

12 Comentários

  • Beth Muniz

    Oi Herval,
    Uma boa demonstração de como podemos resolver um problema dentro da escola, sem usar atos de violência.
    Medida inteligente e eficaz.
    Gostei.
    Ah! Obrigada pelo comentário lá no Travessia.
    Grande abraço.

    • Herval

      Oi, querida Beth!

      O seu “cantinho” é uma Travessia gostosa de se fazer, sem dúvida!
      Obrigado pelo comentário. Nem sempre as palavras são compreendidas e muitas vezes uma imagem, como a do pano sendo molhado no vaso sanitário, vale muito mais!

      Abraços,
      Herval

  • jucifer

    Hervalzito !!!
    mas haaaaaaa tem uma grande diferença mesmo entre
    educadores e professores muito distinta mas tem
    fato q ambos são uma profissão bem complicada
    afinal educar quanto ensinar
    é um ato de muita responsabilidade

    beijaço grande guri Herval

  • -*Vera Luz*-

    Olá Herval!

    Quando nos propomos a seguir com inteligência a liderança desponta nutrindo o desenvolvimento que produz efeito na certeza do resultado! Quando não há troca autoritária o resultado é sempre mais satisfatório, que todo líder possa agir com criatividade e com certeza obterá o sucesso!

    Um abraço,
    “Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma” -*Vera Luz*-

  • SamantaSammy

    Olá Herval !!

    A criatividade e inteligência fizeram a diferença na solução !
    Muito interessante o texto !
    Fiquei encantada com as 4 frases finais, muito verdadeiras !

    Um enorme abraço e uma ótima semana !!

  • Jackie Freitas

    Olá meu queridíssimo amigo!!!
    Adorei a “tática”…rsrs… Concordo que há uma grande diferença entre ensinar e educar. A minha “escola” aqui daria um pano a cada uma e “ensinaria” através do trabalho…mas, depois de ler, fiquei aqui pensando na eficiência desse método, pois conseguiu ir mais além da compreensão. Lembrei que uma vez, um amigo meu me disse (quando éramos pequenos) que preferia mil vezes levar uma surra da mãe do que um castigo, pois a surra provocava dor apenas enquanto ele apanhava e já o castigo o fazia ficar muito tempo refletindo e isso o assustava mais.
    Nem sempre os caminhos óbvios são os que oferecem melhores resultados.
    Aprendi mais uma, amigo! Muito bom!
    Grande beijo,
    Jackie

    • Herval

      Oi, querida amiga Jackie!

      Vendo por seu ângulo de visão, realmente, se foi uma tática, funcionou a contento. Para muita gente, o que funciona é a Lei de São Tomé: ver para crer.Eu ensino meus filhos com um ditado que aprendi com meus pais: É melhor aprender aprendendo, do que aprender “apanhando”, ou seja, aprender a duras penas, pelo pior caminho, pelo sofrimento e dor.

      Grande beijo,
      Herval

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.