Sem categoria

Caso Isabella (crônica)

Culpados ou inocentados – vejam que não digo inocentes – há algumas horas do veredicto, o casal Nardoni carregará na alma a marca da culpa. Culpa de terem matado ou de terem deixado matar uma inocente, culpa de serem irresponsáveis  a ponto de serem pais de duas outras crianças inocentes, que ficarão sem os pais e por fim, culpa de, se inocentados forem, nunca mais poderem ser vistos como pessoas dignas, humanas e confiáveis. Para sempre culpados!

Um comentário

  • Flávio Barbosa

    Ao Desembargador Canguçu,
    Um velho índio contou ao seu neto sobre a batalha entre dois “lobos” que vivem dentro de todos nós.
    Um é Mau – é raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, culpa, ressentimento, mentiras, orgulho falso, superioridade e ego.
    Outro é Bom – é alegria, paz, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.
    O neto perguntou ao avô:
    – Qual lobo vence?
    O velho respondeu:
    – Aquele que você alimenta… ”
    JUSTIÇA PARA ISABELLA!
    JUSTIÇA PARA TODAS AS CRIANÇAS QUE SÃO DIARIAMENTE VIOLENTADAS!
    QUEREMOS OS CRIMINOSOS PRESOS!
    QUEREMOS VIVER NUM PAÍS DECENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.